PC detém oito torcedores que iam ao clássico CSA x CRB com explosivos
14/03/2016 - 22h15 em Policia

Foto: Ascom / PC-AL

Suspeitos detidos com artefatos explosivos

Suspeitos detidos com artefatos explosivos

Policiais civis de plantão na Central de Flagrantes I, sob o comando do delegado Everton Gonçalves, autuaram na tarde deste domingo (13), oito jovens que foram detidos com artefatos explosivos e objetos ilegais que seriam utilizados durante um jogo de futebol que foi realizado ontem em Maceió.

Foram autuados: Leandro Rodrigo de Andrade Ganzert, de 30 anos, Luan José da Silva, 20 anos, Patrick Lucas Graciano da Silva Santos, 20, Erick William de Oliveira Monteiro, 19, Darllysson Coelho Pereira, 21, Weuller Costa Silva, 19, Luizian Amancio da Silva, 21, e Bruno Axel Guedes Farias, 20.

Foram apreendidos com eles: 12 rojões, quatro artefatos explosivos (bombas caseiras), uma barra de ferro, e dois porretes de madeira.

Segundo o delegado plantonista Everton Gonçalves, os oito suspeitos foram detidos pela Polícia Militar, na parte da alta da cidade, quando estavam indo para o jogo no Trapiche da Barra. No caminho, eles espancaram um torcedor e foram detidos.

“Eles são torcedores do Centro Sportivo Alagoano (CSA) e fazem parte da torcida organizada Mancha Azul, ao serem autuados eles confessaram que tinham agredido um torcedor do Clube de Regatas Brasil (CRB), quando estavam se dirigindo para o Estádio Rei Pelé, onde ocorreu o clássico local (CRB x CSA)”, disse o delegado.

Após o material explosivo ter sido apreendido, o delegado Everton solicitou que policiais civis do grupo Antibomba do Tático Integrado Grupo de Resgates Especiais (Tigre), realizassem uma ação com o objetivo de detonar os artefatos.

O delegado disse ainda que os oito presos foram autuados por associação criminosa, e posse de artefato explosivo.

Material explosivo que foi detonado pelo Tigre (Foto: Ascom / PC-AL)

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE