Governo inicia renovação de frota da Saúde com quinze novas ambulâncias
19/07/2017 - 12h31 em Ciência e Saúde
   (Crédito: Reprodução/Agência Alagoas) (Crédito: Reprodução/Agência Alagoas)

Quinze novas ambulâncias foram entregues ao Serviço Estadual de Transporte Sanitário (SETS) na manhã desta terça-feira (18), pelo governador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira.

A entrega fez parte do programa de renovação de toda a frota que, no total, prevê a compra de 185 ambulâncias destinadas às unidades de saúde na capital e interior do Estado. O investimento aproximado de R$ 32 milhões será feito com recursos do próprio Tesouro Estadual.

“A saúde vive o maior ciclo de investimentos com recursos próprios da história de Alagoas. Estamos, ao mesmo tempo, construindo três novos hospitais: o da Mulher, em Maceió; o Metropolitano, na parte alta da capital; e, agora, o Hospital Regional do Norte, na cidade de Porto Calvo. Estamos também renovando completamente nossa frota de ambulâncias. É uma medida necessária, que vai ajudar o funcionamento dos hospitais, facilitar a remoção de pacientes aos leitos de retaguarda, desafogar ainda mais as unidades do interior do Estado e da capital”, declarou Renan Filho, citando que os investimentos na construção desses três hospitais totalizam cerca de R$ 123 milhões.

A solenidade de entrega das 15 ambulâncias aconteceu no estacionamento do Memorial à República, em Jaraguá, e contou com a presença do senador Renan Calheiros, de secretários estaduais, prefeitos, deputados estaduais e federais, dentre outras autoridades.

O senador Renan Calheiros afirmou que Alagoas vive, em seus 200 anos de história, o melhor momento do ponto de vista do equilíbrio fiscal e de investimentos com recursos próprios. De acordo com ele, o Estado dispõe hoje de R$ 1 bilhão para fazer investimentos em diferentes áreas da administração pública.

“Quando você fala isso Brasil afora, as pessoas não acreditam como isso rapidamente aconteceu. É que o governador do Estado, com dedicação, se preocupou em fazer o ajuste. Você ter recursos numa circunstância dessas: com o país em crise, três anos de recessão e quase 15 milhões de desempregados; você ter uma receita crescente em Alagoas, isso significa que houve uma mudança de sistemática. Fazer investimentos na saúde, na educação, na segurança pública, tudo com recursos próprios, significa dizer que o governador está fazendo sua parte”, salientou o senador.

Renovação

As 15 ambulâncias entregues nesta terça-feira serão destinadas a seis municípios alagoanos que possuem unidades mantidas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Em Maceió, o Hospital Geral do Estado (HGE) foi contemplado com duas dessas ambulâncias; a Gerência Estadual de Regulação com uma, assim como os ambulatórios 24 Horas Assis Chateaubriand, Denilma Bulhões, João Fireman, Maternidade Santa Mônica, Miguel Câmara e Clínica Infantil Dayse Brêda.

Acompanhado do secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, o governador fez questão de entregar pessoalmente a ambulância destinada à Santa Mônica, após a solenidade. Ele visitou ainda as obras de construção do Hospital da Mulher.

No interior do Estado, a Unidade de Emergência (UE) do Agreste, em Arapiraca, foi contemplada com duas ambulâncias e o Hospital Ib Gatto Falcão, em Rio Largo, com uma. No Sertão, os hospitais estaduais Antenor Serpa, em Delmiro Gouveia; Arnon de Mello, em Piranhas; e Quitéria Bezerra, em Água Branca, receberam uma ambulância cada um.

Para reestruturar o Serviço Estadual de Transporte Sanitário (SETS), o Governo do Estado investiu R$ 2,8 milhões, cujos recursos são oriundos do Tesouro Estadual. As novas ambulâncias seguem todas as diretrizes exigidas pelas portarias sanitárias do Ministério da Saúde e são destinadas à transferência de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) entre unidades de saúde da capital e interior do Estado.

Samu

O governador Renan Filho garantiu, ainda, que toda a frota da Saúde será renovada. Isso inclui os veículos de todas as bases do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Alagoas. De acordo com ele, 20 novas ambulâncias chegam até o dia 30 deste mês. Outras 20 serão entregues em seguida.

“O Estado nunca comprou ambulância para o Samu, sempre recebeu da União, só que a União quebrou e não manda mais. O Samu está sucateado no Brasil inteiro. Aqui, estávamos com ambulâncias com mais de seis anos de uso. Só que eu cheguei ao meu limite. Nós vamos comprar as ambulâncias do Samu, porque se o Governo Federal não acha importante o Samu eu acho”, enfatizou Renan Filho.

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE