Alunos de autoescolas bloqueiam vias e cobram realização de exames Testes práticos, que ocorreriam nesta quarta-feira, foram suspensos
06/12/2017 - 11h35 em MACEIO E ALAGOAS

Alunos de autoescolas bloquearam as duas vias em frente ao Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL), no bairro do Tabuleiro do Martins, parte alta de Maceió. O protesto ocorreu nesta quarta-feira (6).  

Segundo informações do presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Alagoas, João Batista da Silva Neto, a mobilização ocorre por iniciativa dos próprios alunos, que iriam realizar os exames práticos nesta quarta-feira.  

Ao chegarem no local, foram informados que os exames haviam sido suspensos. De acordo com o presidente, os alunos aguardam mais de dois meses pelos exames.  

 

Alunos cobram realização de exames

FOTO: FÁBIO SANTOS/ RADIO GAZETA
Em resposta, por meio de assessoria de imprensa, o Detran emitiu nota, alegando que a suspensão é consequência da paralisação realizada pelo sindicato dos servidores do Departamento. 
 

 

Para o Detran, a paralisação compromete e causa transtornos aos que precisam dos seus serviços.  

 

Confira nota: 

A presidência do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) informa que, a paralisação instaurada pelo sindicato dos servidores da autarquia, torna-se  descabida e desproporcional, tendo em vista que a suspensão dos serviços de atendimento aos usuários estão comprometidos, causando transtornos para aqueles que desejam resolver alguma pendência ligada ao órgão. 

 A direção da autarquia ressalta ainda, que o Governo do Estado está em diálogo com o sindicato dos servidores e vem se esforçando para atender as necessidades da categoria com responsabilidade. O concurso público e o aumento salarial estão na mesa de negociação com a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), não havendo portando razão para a suspensão dos serviços do Detran/AL.   

A gestão do Detran/AL pede desculpas à população alagoana e salienta que as medidas judiciais cabíveis para impedir que prejuízos maiores ocorram já estão sendo tomadas.  

Quanto a novo prazo para a realização dos exames, ainda em nota, o Detran informou que uma nova data será divulgada para agendamentos de serviços prejudicados por causa da paralização.  

Os usuários que possuíam agendamentos de serviços e que por ventura da paralisação não foram realizados,  a direção salienta que não será necessário pagar uma nova taxa do serviço e o atendimento será realizado, em caráter de urgência, em uma nova data que será divulgada. Em caso de dúvidas ou mais informações os usuários deverão acessar o site www.detran.al.gov.br.  

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE