Hospital Universitário suspende procedimentos e marcação de consultas
21/05/2018 - 17h24 em Ciência e Saúde

O Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA), que recebe cerca de 500 usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) diariamente, comunicou, nesta segunda-feira (21), a suspensão do atendimento por meio do Serviço de Arquivo Médico e Estatística (Same), responsável pela marcação de consultas e retornos.

O Same também autoriza a realização de procedimentos médicos pelas equipes do hospital, e não há prazo para a normalização do sistema.

 

A instabilidade, segundo o serviço social do Same, acontece desde a última segunda-feira (14), quando o Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), do Ministério da Saúde, começou a apresentar problemas. O Sisreg é a ferramenta utilizada para a marcação de todos os procedimentos da rede básica à assistência de alta complexidade. 

Ainda de acordo com o Same, a deficiência já foi comunicada ao Ministério da Saúde e à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), responsável pelo Complexo Regulador de Maceió (Cora).

Na semana passada, o ministério informou que o sistema seria normalizado a partir da sexta-feira (18), o que, no entanto, ainda não ocorreu.

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE