Marx Beltrão e Maurício Quintela refutam recuo na disputa pelo Senado Federal
26/05/2018 12:09 em POLÍTICA

Os deputados federais Marx Beltrão (PSD) e Maurício Quintella (PR) refutam qualquer recuo das pretensões políticas e garantem que as candidaturas ao Senado Federal estão asseguradas. A reafirmação acontece na semana que eles tiveram os nomes ventilados a desistências, enfraquecimento das candidaturas e até o adiamento de apoio por parte dos seus grupos. Enquanto isso, os governistas ligados ao governador Renan Filho (MDB) buscam uma solução para acomodar o desejo de Quintella e Marx, já que só há uma cadeira disponível no chapão governista para dois candidatos.

O ex-ministro do Turismo Marx Beltrão fez questão de assegurar que é pré-candidato ao Senado Federal e que as chapas só devem ser apresentadas durante as convenções, que devem acontecer entre 20 de julho e 5 de agosto, "após esse momento natural de articulação entre os partidos". Beltrão tem sido convidado a disputar outro cargo, a exemplo da reeleição para a Câmara Federal. Convite que tem rejeitado de forma veemente. Em seus discursos em eventos públicos, Marx Beltrão tem falando que "Recuar? Só se for para pegar impulso", dando uma demonstração de que, de fato, não pretende abrir mão do seu espaço político. 

 

Por sua vez, o ex-ministro dos Transportes, Maurício Quintella, disse que a chapa governista já está fechada para as eleições de outubro, com Renan Filho à reeleição, e o senador Renan Calheiros e ele para o Senado. O parlamentar fez questão de enfatizar que não existe nenhuma possibilidade de se lançar para outro cargo, exemplo da reeleição, a não ser para o Senado Federal.

Do outro lado da disputa, o prefeito Rui Palmeira (PSDB) afirmou que seus candidatos ao Senado já estão consolidados - Benedito de Lira (PP) e o deputado estadual Rodrigo Cunha. Segundo o tucano, a única dúvida que persiste é na consolidação de um nome para disputar o Poder Executivo contra Renan Filho. Rui garante que terá um candidato e que o nome pode sair da base de apoio.

Pesquisa oficial

Enquanto os grupos tentam construir as composições partidárias, os eleitores vão sendo consultados sobre os nomes que estão sendo ventilados pelos grupos políticos. Os dados divulgados nesta quinta-feira pela TDL Pesquisa e Marketing mostraram as intenções de votos para o Senado Federal. No cenário de cinco nomes, Renan Calheiros aparece com 35% das intenções de voto. 

 

Logo em seguida, figuram o também senador Benedito de Lira, com 24%, e empatado tecnicamente com o ex-ministro do Turismo e deputado federal Marx Beltrão (PSD), com 20%. A novidade, conforme o levantamento, foi o crescimento do deputado estadual Rodrigo Cunha (PSDB), que saltou de 4% para 12%. O ex-ministro do Transporte, Maurício Quintella (PR), pontuou com 7%, ficando na quinta colocação.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE