Adolescentes são apreendidos suspeitos de atear fogo em escola no interior de AL
13/06/2018 - 21h44 em Policia

seis adolescentes foram apreendidos, na noite dessa terça-feira (12), suspeitos de participação no incêndio que atingiu um galpão da Escola Municipal de Educação Básica José de Messias Barros, localizada no município de Girau do Ponciano, no interior de Alagoas.

Eles teriam sido os responsáveis por provocar o incêndio, o que está sendo alvo de investigação por parte da delegacia da Polícia Civil no município. 

De acordo com a polícia, um inquérito foi aberto no sentido de apurar as circunstâncias que resultaram no incêndio, bem como os suspeitos que seriam responsáveis pelo sinistro. 

Logo após a apreensão dos adolescentes, eles foram levados para a delegacia e, em seguida, os jovens foram entregues aos respectivos genitores. Segundo testemunhas, no momento em que o galpão foi incendiado, havia o ensaio de uma quadrilha junina. 

Apesar do susto com os jovens, não houve feridos e as equipes do Corpo de Bombeiros evitaram a expansão das chamas para casas localizadas na região.  

Com o incêndio, equipamentos das escolas - como carteiras e materiais musicais -, acabaram sendo danificados. O prejuízo ainda não foi calculado e equipes do Instituto de Criminalística (IC) são aguardadas para realizar a perícia técnica no local. 

 

À imprensa, moradores da localidade se queixam que, após o incêndio, o fornecimento de energia ainda não voltou, afetando diversas residências que ficam localizadas na região da escola municipal. Eles se queixam que estão perdendo os alimentos congelados que estavam armazenados nas geladeiras. 

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE