Davi Boiadeiro é preso suspeito de tentativa de homicídio em PE
07/07/2018 12:48 em POLICIA

Foi preso, na madrugada deste sábado (7), Davi Rodrigues dos Santos, conhecido como "Davi Boiadeiro", suspeito de uma tentativa de homicídio em Garanhuns, Agreste de Pernambuco. A prisão se deu pela Polícia Militar (PM), em um trecho da Rua Presidente Castelo Branco. Boiadeiro é acusado de matar uma enfermeira no município de Batalha, em Alagoas, no ano de 2015. 

De acordo com informações da polícia, Davi teria efetuado três disparos de Pistola 380 nas costas de um homem, que não foi identificado, após a vítima pedir ao suspeito que fosse embora da região. O motivo da briga, no entanto, não foi informado. Depois da investida, o homem foi socorrido em estado grave para um hospital de Caruaru, onde apresenta quadro estável. 

 

Por sua vez. Davi Boiadeiro acabou preso em flagrante e teve a arma apreendida. Ele foi conduzido a uma delegacia regional, para prestar esclarecimentos ao delegado de plantão. Davi é foragido da Justiça e estava com uma tornozeleira eletrônica danificada, conforme reforçou a polícia. 

MORTE DE ENFERMEIRA

Em 2015, Boiadeiro foi preso durante uma operação envolvendo policiais civis e militares. Ele e o primo, Thiago Lucas, teriam se envolvido na morte da enfermeira Mércia Ladislau Góes, de 46 anos, em Batalha, município do Sertão alagoano. Ambos foram detidos em cumprimento a mandados de prisão expedidos pelo juiz plantonista Antônio Barros Lima, da 9ª Vara de Arapiraca, Agreste alagoano. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL), Davi e Lucas confessaram o crime, que chocou a população de Batalha, já que Mércia foi assassinada dentro de casa, ao tentar proteger o namorado, após uma confusão em um posto de combustíveis da cidade.

De acordo com as autoridades policiais envolvidas na ação, os tiros foram deflagrados por Davi, enquanto Thiago teria conduzido o veículo utilizado durante a fuga. Davi é filho de "Laércio Boiadeiro" e é acusado de envolvimento em outros crimes na região. 

 

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE