Menino chega a hospital com sinais de agressão física e morre em Rio Largo
05/11/2018 22:00 em POLICIA

Um menino de 2 anos e 11 meses morreu, na noite desta segunda-feira (5), após ser agredido em Rio Largo. A criança estava sozinha em casa com o padrasto e, de acordo com informações do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM) o menino chegou a ser levado ao Hospital Ib Gatto Falcão pelo padrasto, mas já chegou sem vida. 

A equipe médica ainda tentou reanimar a criança, mas o menino não resistiu aos ferimentos. Segundo informações da Polícia Militar, o padrasto, identificado como Emerson David Lins da Silva, de 29 anos, chegou ao hospital alegando que a criança tinha caído. No entanto, foi constatado os sinais de violência. 

 

A polícia foi acionada e o padrasto detido em uma das salas do hospital. Grávida de 8 meses, a mãe do menino, que não teve a identidade revelada, contou que tinha saído para comprar leite e deixou a criança com o padrasto por apenas 10 minutos. 

Emerson David já tem passagem pela polícia por homicídio. Equipes do Instituto de Criminalística (IC) e Instituto Médico Legal (IML) foram acionadas. O conselheiro tutelar da região, Fábio Luiz, acompanha o caso. A Delegacia de Homicídio foi ao local para colher os depoimentos.

COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE